Suzano compra Fibria e cria gigante de papel e celulose

Além da Suzano, a Paper Excellence também estava na disputa pela Fibria, mas teve a proposta rejeitada.

A Suzano Papel e Celulose saiu à frente e teve sua proposta de compra da Fibria aprovada pelo BNDES (Banco de Desenvolvimento Econômico e Social) na noite de quinta-feira (15).

Com a fusão, a Suzano e Fibria se consolidam como líder mundial em celulose. “As negociações foram negociadas em comum acordo com a Votorantim S/A, com quem a BNDESPar compartilha o controle da Fibria”, diz parte da nota do BNDES.

Segundo o BNDES, ele receberá parte do dinheiro, cerca de R$ 8,5 bilhões, e depois o recebimento de ações da companhia resultante.

Além da Suzano, a Paper Excellence também estava na disputa pela Fibria, mas teve a proposta rejeitada.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha