Rússia derruba a internet do país para impedir Telegram de funcionar

Como o Telegram não acatou a decisão russa, o governo bloqueou IPs relacionados ao Google e Amazon.

O governo russo foi radical ao derrubar parte da internet do país para impedir o funcionamento do Telegram. O aplicativo está proibido de operar após se recusar a oferecer às autoridades locais acesso ao conteúdo trocado pelos usuários.

Como o Telegram não acatou a decisão russa, o governo bloqueou IPs relacionados ao Google e Amazon. Por ser duas grandes empresas que armazenam serviços e sites em nuvem, acabou prejudicando milhões de plataformas, que ficaram fora do ar.

O Telegram, no entanto, continua funcionando e o governo já solicitou ao Google e a Apple que removam o app de suas lojas – até o momento elas não se pronunciaram sobre o caso.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha