PT prevê prisão de Lula antes da Páscoa

A senadora Gleisi Hoffmann (PR), presidente do PT, disse que o partido vai com Lula “até as últimas consequências”.

O Partido dos Trabalhadores (PT) acredita que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja preso em 1º de abril. Por essa razão, a sigla intensifica campanhas nas redes sociais para cobrar a reação de militantes nas ruas. Com informações do jornal O Estado de São Paulo.

De acordo com a publicação, a senadora Gleisi Hoffmann (PR), presidente do PT, disse que o partido vai com Lula “até as últimas consequências”. “Se eles querem trucar, saber se nós vamos pagar, nós vamos pagar para ver”, afirmou durante um seminário de segurança pública. “Nós não vamos aceitar mansamente a prisão do Lula.”

Hoffman disse que não estava pregando ofensiva violenta, mas avisou que os movimentos não devem aceitar a prisão pacificamente. “O que estão fazendo com Lula é uma coisa sem precedentes na história deste País e fere frontalmente a Constituição. Agora caminha-se para ela ser rasgada outra vez pela inércia do Supremo de não decidir uma coisa que é vital para a sociedade, e não só para Lula.”

Mesmo preso, o PT deve registrar a candidatura de Lula à Presidência em 15 de agosto. A sigla argumentará que o ex-presidente é um preso político.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha