Previ e Petros pedem a destituição de todos os membros do Conselho da BRF

O alvo da Previ e Petros é o empresário Abílio Diniz, que tem exercido uma forte influência nas escolhas de executivos.

Os resultados desastrosos do quarto trimestre da BRF fizeram com que os fundos de pensão, Previ e Petros, pedissem medidas para reverter os números. Entre elas, segundo o presidente de Finanças e Relações com Investidores da companhia, Lorival Luz Júnior, a destituição de todos os membros do Conselho. As informações são do O Globo.

De acordo com a reportagem, o alvo da Previ e Petros é o empresário Abílio Diniz, que possui apenas 3,9% apenas do capital da BRF. Apesar de ser uma porcentagem menor em relação aos fundos, o empresário tem exercido uma forte influência dentro da companhia.

Diniz, por exemplo, foi responsável pela indicação de Pedro Faria à presidência, em 2015. Um ano sob a gestão de Faria, a companhia registrou o primeiro prejuízo. Sob pressão dos fundos, o executivo deixou a presidência. No entanto, Diniz conseguiu emplacar José Aurélio Drummond no ano passado.

Em comunicado enviado ao presidente de Finanças e Relações com Investidores, os fundos pedem, então, uma nova eleições dos membros do Conselho.

“Precisamos buscar a reformulação da estratégia de gestão da BRF para, assim, superar os grandes desafios que a Companhia precisa enfrentar. Infelizmente, a estratégia implementada até o momento não surtiu os resultados desejados”, diz o diretor de Investimentos da Petros, Daniel Lima.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha