Foto: Divulgação

Petrobras coloca Liquigás à venda após veto do Cade

A venda da Liquigás faz parte dos desinvestimentos da Petrobras, presidida por Pedro Parente

A Petrobras colocou a Liquigás à venda novamente após ter a compra pela Ultragaz barrada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Desta vez, a estatal estuda traçar uma nova estratégia, conforme informou o jornal Valor Econômico.

Segundo a publicação, Petrobras coloca Liquigás à venda com foco em grupos estrangeiros e investidores financeiros. Seguindo por esse caminho, dificilmente terá problemas com o Cade.

Na primeira tentativa, o Cade barrou, em fevereiro deste ano, a compra da Liquigás pela Ultragaz por 5 votos contra e 2 a favor. O negócio era avaliado em R$ 2,8 milhões e poderia transformar as duas em líder isolado no segmento. Mesmo vetada, a não fusão custou R$ 280 milhões à Ultragaz, valor estipulado em contrato. O órgão antitruste chegou a propor remédios, mas mesmo assim o acordo foi considerado inviável pela maioria dos conselheiros.

A venda da Liquigás faz parte dos desinvestimentos da Petrobras, presidida por Pedro Parente – ele, inclusive, vai acumular mais uma função, assumindo a presidência do conselho da BRF. Com a venda de ativos, a estatal espera reduzir o endividamento e focar em sua atividade principal, que é a exploração de petróleo.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha