Oi inicia a semana em clima de guerra

O avanço de Tanure na Oi pode resultar na renúncia do presidente da tele, Marco Schroeder, do presidente do conselho

Com a assembleia de credores marcada para sexta-feira (10), a Oi inicia a semana em plena apreensão. A tele é responsável pela maior recuperação judicial da história, com débitos de R$ 64 bilhões.

Neste final de semana, Nelson Tanure, do fundo Sociéte Mondiele, fez algumas movimentações para aumentar seu controle na operadora. Isso, de acordo com o jornal Valor Econômico, foi considerado uma afronta à atual posição do governo.

De acordo com a publicação, a Agência de Nacional de Telecomunicações (Anatel) foi uma que considerou o movimento preocupante. O presidente do órgão, Juarez Quadros, disse que o conselho diretor está avaliando o que fazer.

O avanço de Tanure na Oi pode resultar na renúncia do presidente da tele, Marco Schroeder, do presidente do conselho, José Mauro Mettrau, dos conselheiros independentes do BNDES, Marcos Duarte e Ricardo Reisen. Essa foi a alternativa encontrada por eles.

Em meio ao feriado, Tanure aplicou R$ 70 milhões na compra de uma posição minoritária e dominou o conselho de administração da tele, assim como o poder da gestão executivo.

Na sexta-feira (03), a Oi informou que o conselho de administração aprovou por maioria de votos uma proposta de apoio ao plano de recuperação judicial.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha