Mark Zuckerberg admite que Facebook rastreia até os que não estão na rede social

A declaração de Zuckerberg levantou mais uma polêmica em meio ao escândalo de coleta indevida de dados pela Cambridge Analytica

O presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, admitiu na quarta-feira passada, durante a sabatina com senadores e deputados, que a rede social tem os dados até de quem não é inscrito na plataforma.

A declaração de Zuckerberg levantou mais uma polêmica em meio ao escândalo de coleta indevida de dados pela Cambridge Analytica, que obrigou o Facebook a revisar sua política de privacidade.

Parlamentares e especialistas em privacidade protestaram  contra a prática do Facebook, afirmando que a rede social deveria construir uma plataforma que mostrasse aos não cadastrados como estão usando os dados. A rede social disse que não fará tal ferramenta.

ESCÂNDALO DO FACEBOOK: Zuckerberg ganhou US$ 3 bilhões durante audiência nos EUA

“Não está claro o que o Facebook está fazendo com essa informação”, disse Chris Calabrese, vice-presidente de políticas do Centro de Democracia e Tecnologia, um grupo de defensoria de Washington. Com informações da agência Reuters.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha