Lula volta atrás e deve acompanhar julgamento em São Paulo

Lula voltou atrás após ser aconselhado por advogados a não participar das manifestações.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve acompanhar o julgamento que pode torná-lo inelegível, marcado para o dia 24 de janeiro, em São Paulo. A ideia inicial era que o petista participasse das manifestações em Porto Alegre, local do julgamento, junto com a comitiva do Partido dos Trabalhadores (PT).

Segundo o jornal O Estado de São Paulo, Lula voltou atrás após ser aconselhado por advogados a não participar das manifestações. Dirigentes do PT afirmam que a ida do ex-presidente a Porto Alegre estava condicionada a possibilidade de ele ser ouvido no julgamento, o que até agora não foi acatado pelo tribunal.

“Não tem sentido ele ir lá e ficar olhando. As manifestações que estamos organizando na cidade serão de solidariedade e apoio, mas Lula não vai participar”, disse o líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta.

Como informado pelo Giro Business, o PT já organiza uma série de manifestações em apoio ao ex-presidente Lula. Nas redes sociais, o partido veicula a campanha “Cadê a Prova?”.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha