Lemann diz que é um “dinossauro apavorado” diante da inovação dos negócios

Ele citou o exemplo do movimento provocado pelas cervejarias tradicionais.

O brasileiro Jorge Paulo Lemann, um dos fundadores do 3G Capital, disse durante uma conferência sobre avanços tecnológicos que se sente como um “dinossauro apavorado” em relação às mudanças que estão ocorrendo no mundo dos negócios.

“Sempre trabalhamos com marcas tradicionais e grandes volumes, em um mundo que não mudava tanto. Bastava que nós nos encontrássemos em sermos eficientes e nos sairíamos bem”, explicou Lemann.

Ele citou o exemplo do movimento provocado pelas cervejarias tradicionais. Além disso, admitiu que existem casos de empresas de alimentos, bebidas e vestuário que conseguiram se adaptar às novas formas de ofertar e entregar produtos aos clientes do que as companhias do portfólio da 3G.

“Eu já tive várias carreiras. Fui jogador de tênis, trabalhei em finanças… Tenho 78 anos, mas não vou simplesmente me deitar e ir embora.”

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha