Kroton anuncia aquisição e quer ampliar atuação no ensino básico

O foco da Kroton, neste momento, é o "premium”, segundo o presidente da companhia, Rodrigo Galingo.

A Kroton anunciou na segunda-feira (10) a compra do Centro Educacional Leonardo da Vinci, em Vitória (ES). É a primeira aquisição da companhia no segmento de educação básica. O valor do negócio não foi divulgado.

De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, a Kroton pretende fazer mais duas aquisições neste segmento e, assim, criar uma holding, que terá autonomia operacional, financeira e pedagógica.

O foco da Kroton, neste momento, é o “premium”, segundo o presidente da companhia, Rodrigo Galingo. O setor possui 1,4 milhão de alunos em colégios de alto poder aquisitivo, em que a mensalidade custa em média R$ 1.250.

“Só o segmento premium tem R$ 25 bilhões de receita anual e mais R$ 20 bilhões de receita com contraturno (atividades complementares da grade curricular)”, afirmou.

É o primeiro passo da Kroton desde que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) barrou a fusão com a Estácio. A companhia, porém, não desistiu de avançar no ensino superior.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha