Justiça autoriza propaganda do governo sobre a reforma da Previdência

Com a decisão do desembargador Hilton Queiroz, o governo poderá veicular, normalmente, as campanhas sobre a Previdência.

A Advocacia-Geral da União (AGU) informou que o desembargador Hilton Queiroz, do Tribunal Regional Federal da 1º Região, revogou a decisão de suspender a propaganda sobre a reforma da Previdência nos veículos de comunicação.

Na quinta-feira (30), a juíza Rosimayre Gonçalves de Carlos, da 14ª Vara Federal em Brasília, suspendeu a propaganda do governo por achar que ela manipulava a opinião pública e ofendia os servidores públicos. A AGU recorreu da decisão na sexta-feira (1).

Com a decisão do desembargador Hilton Queiroz, o governo poderá veicular, normalmente, as campanhas sobre a Previdência, que ainda gera tensão no Congresso.

Leia também:

Justiça suspende propaganda sobre a reforma da Previdência na TV

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha