Jovem denuncia Burger King por ser nomeado “macaco” em nota fiscal

O caso ocorreu na madrugada de sábado (24), segundo o jovem.

O jovem David Zambeli Jr. denunciou no Facebook um episódio de racismo de uma das unidades do Burger King. Ele teria sido nomeado “macaco” na nota fiscal da compra. As informações são do jornal O Estado de São Paulo.

“Racismo é crime, fui chamado de ‘macaco’. O preconceito racial é uma ‘doença’ que deve ser eliminada da sociedade brasileira. É inadmissível que em pleno século XXI, em 2018, ainda possa acontecer esse tipo de atitude racista”, escreveu Zambeli.

O caso ocorreu na madrugada de sábado (24), na Vila Nova Conceição, em São Paulo, segundo o jovem. “Até quando isso irá existir no Brasil? Hoje foi comigo, amanhã pode ser com você!”. Ele registrou um boletim de ocorrência de injúria racial.

Em nota, o Burger King disse que “tomou conhecimento do caso relatado” e que “está apurando o ocorrido para que as medidas necessárias sejam tomadas”.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha