Itambé processa Vigor em R$ 400 milhões por suposto roubo de contrato

Esse contrato valia US$ 5.800 por tonelada e pertencia à Itambé. É a quarta disputa judicial das empresas.

A Laticínios Itambé acusa a Vigor, que foi vendida recentemente pela J&F Investimentos ao grupo Lala, de “roubar” um contrato de leite em pó na Venezuela. Por essa razão, a processa em R$ 400 milhões.

De acordo com o site Exame, a Itambé argumenta à Câmara de Comércio Brasil-Canadá que a Vigor causou perdas equivalentes a R$ 400 milhões ao pegar o contrato na Venezuela.

Esse contrato valia US$ 5.800 por tonelada e pertencia à Itambé. É a quarta disputa judicial das empresas.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha