Hóspede é processada por fazer avaliação negativa de hotel

A justificativa da cobrança estava na política interna do hotel, disponível apenas no site.

Já imaginou você receber uma multa de US$ 350 por criticar um mau serviço de um hotel na internet? Foi isso que ocorreu com uma hóspede no estado de Indiana, nos Estados Unidos.

O caso ocorreu em 2006 e a hóspede contou, ao jornal WRTV, quais problemas enfrentou no hotel Abbey Inn & Suites. “O quarto não estava arrumado e parecia que ele não havia sido limpo desde a última pessoa que se hospedou nele. Nós checamos os lençóis e descobrimos cabelos e sujeiras”, disse.

Ela contou que o ar-condicionado também estava quebrado e que chegou a solicitar a um dos funcionários do hotel uma solução para os problemas, mas não foi atendida.

Após deixar o hotel, fez uma avaliação negativa quanto aos serviços prestados. Logo depois, recebeu uma ação judicial no valor de US$ 350. A justificativa da cobrança estava na política interna do hotel, disponível apenas no site.

A hóspede abriu um processo contra o hotel por infringir uma lei estadual de Indiana que dá direito a qualquer consumidor a fazer uma avaliação negativa. O caso ainda não foi encerrado. Com informações do site InfoMoney

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha