Goldman Sachs prevê: Brasil será campeão da Copa do Mundo

O Brasil levantará o troféu em 15 de julho deste ano, segundo o Goldman Sachs.

O banco de investimento Goldman Sachs deu mais uma força à Seleção e aos brasileiros em sua última previsão: o Brasil conquistará hexa na Copa do Mundo. Para chegar à essa conclusão, Sachs baseou-se em mineração de dados, aprendizado de máquinas e econometria.

Segundo o Goldman Sachs, que usou 200.000 modelos estatísticos, examinou dados dos jogadores e desempenhos recentes das seleções e executou 1 milhão de simulações de torneio, o Brasil levantará o troféu em 15 de julho deste ano.

“Introduzimos informações sobre características das seleções, jogadores e desempenho recente de equipes em quatro tipos de modelos de aprendizado de máquina para analisar o número de gols marcados em cada partida. Os modelos então aprendem a relação entre essas características e gols marcados, usando placares de jogos competitivos da Copa do Mundo e da Liga dos Campeões da Europa desde 2005. Percorrendo as combinações alternativas de variáveis, temos uma ideia de quais características são importantes para o sucesso e quais ficam de lado. Com isso, usamos o modelo para prever o número de gols marcados em cada encontro possível do torneio e usamos o placar sem arredondar para determinar o vencedor”, diz o relatório do Goldman Sachs, em junho de 2018.

Errou em 2014

Cabe lembrar que o Goldman Sachs previu que o Brasil ganharia a Copa do Mundo em 2014. Na ocasião, o time brasileiro venceria a Argentina por 3 a 1. No entanto, a Seleção tropeçou na semifinal, perdendo por 7 a 1 para a Alemanha.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha