Fundador do Pirate Day afirma que a Netflix é uma ‘ameaça’

Para Sunde, o controle do mercado por poucas empresas ainda é prejudicial.

Apesar de ser um consenso de que as plataformas de streaming como a Netflix tem diminuído a pirataria, o fundador do Pirate Day, Peter Sunde, afirmou em entrevista ao Torrent Freak que o cenário atual não é bom. As informações são do site TecMundo.

Para Sunde, o controle do mercado por poucas empresas ainda é prejudicial. “O Netflix, Spotify etc, não são uma solução, mas a perda. E me surpreende que o movimento pirata não está mais falando sobre isso”, disse.

“Eu estou surpreso que as pessoas tenham uma visão tão limitada. A ‘solução’ para o compartilhamento de arquivos nunca foi centralizando o controle de conteúdo para algumas entidades — essa foi a luta pela qual lutamos”, adicionou.

“As mesmas companhias que lutamos contra mandam nessas plataformas. Ou elas possuem ações ou possuem negócios, o que torna impossível para as plataformas não seguirem suas regras”.

Ele argumenta que os artistas da música, por exemplo, dependem das plataformas, já que não possuem opções além delas. “A solução para a pirataria é redefinir a pirataria. Tornar as coisas disponíveis para todos, sem que isso seja um crime”, disse.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha