Famílias começarão a sentir bem-estar econômico nos próximos meses, diz Guardia

Em entrevista, Guardia evitou fazer previsões quando o desemprego será sentido pela população.

O novo ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, informou na terça-feira (10), durante entrevista transmitida pela Globonews, que o Brasil vai crescer 3% neste ano e que as famílias, com a redução do desemprego, começarão a sentir o bem-estar econômico nos próximos meses.

Em entrevista, Guardia evitou fazer previsões quando o desemprego será sentido pela população, mas explicou que o baixo uso da capacidade escalada torna “natural que, na retomada, as empresas cresçam com a capacidade hoje existente e depois comecem a investir e elevar a oferta de emprego”.

Ele informou, também, que o governo vai usar a prerrogativa constitucional para cumprir a chamada regra de ouro das contas públicas no orçamento de 2019. “O entendimento é que usaremos esse dispositivo para o orçamento de 2019”, disse ele à jornalista Miriam Leitão.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha