Extra e Assaí planejam testar jornada da reforma trabalhista em suas lojas

É o que informou o presidente da companhia, Ronaldo Iabrudi, a jornalistas ontem.

O Grupo Pão de Açúcar (GPA), proprietário de redes de supermercados como Extra, Assaí e Pão de Açúcar planeja testar em suas lojas a jornada permitida pela nova legislação trabalhista de 12×36.

É o que informou o presidente da companhia, Ronaldo Iabrudi, a jornalistas ontem. Ele ressaltou, no entanto, que o grupo “olha com muita cautela e responsabilidade” as mudanças.

Segundo Iabrudi, o teste vai ocorrer em algumas lojas em breve. Na percepção da empresa, a jornada 12×36 reduz o tempo gasto por empregadores no transporte até o trabalho.

Investimento em 2018.

Para 2018, o foco continuará em “atacarejo”. A previsão é de abertura de 20 lojas no ano que vem. O grupo espera investir de R$ 1,3 bilhão a R$ 1,4 bilhão em toda a rede.

Leia também:

Estácio demite 1,2 mil professores para contratar pela nova CLT

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha