Dona da 99 suspende serviço por uma semana após assassinato

Um motorista da plataforma é suspeito de assassinar um passageiro em Zhengzhou.

A Didi Chuxing, dona da 99 no Brasil, suspendeu o seu serviço de caronas, Hitch, por uma semana. A medida começou a valer neste domingo (13) após, segundo a empresa, um incidente na cidade central de Zhengzhou.

De acordo com informações de uma emissora estatal, um motorista da plataforma é suspeito de assassinar um passageiro em Zhengzhou. No entanto, a companhia não chegou a detalhar o episódio, dizendo apenas que envolveu um motorista que usou a conta do pai para pegar o passageiro.

Com 13 operações, a Didi suspendeu apenas o Hitch neste período – serviço que permite que motoristas peguem passageiros que estão se direcionando para destinos similares.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha