Co-fundador do WhatsApp anuncia saída da companhia

Antes do WhatsApp, Acton atuou no Yahoo com o ucraniano Jan Koum

O co-fundador do WhatsApp, Brian Acton, comunicou, em texto publicado em rede social na terça-feira (13), que deixará a companhia para iniciar uma nova fundação.

Acton atuou no WhatsApp por oito anos. O serviço foi comprado pelo Facebook em 2014 por US$ 19 bilhões em dinheiro e ações.

WhatsApp começa a focar em empresas

Antes do WhatsApp, Acton atuou no Yahoo com o ucraniano Jan Koum – a dupla foi responsável pela criação do aplicativo de mensagens instantâneas.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha