China Telecom desiste da Oi, diz jornal

A China Telecom chegou a conclusão que, enquanto a Oi tiver problemas internos, é impossível viabilizar investimento.

A China Telecom desistiu, por ora, de ofertar R$ 10 bilhões pela compra da Oi, que está em uma grave recuperação judicial. A informação foi divulgada pelo jornal “O Estado de São Paulo”.

De acordo com jornal, que citou fontes próximas ao caso, os assessores da China Telecom chegaram a conclusão que, enquanto a Oi tiver problemas internos, é impossível viabilizar um investimento. A tele passa por um atual desentendimento entre acionistas e credores.

Os chineses devem aguardar o desfecho do plano de recuperação judicial para avaliarem, novamente, um possível investimento na tele, informou o Estado. A assembleia entre credores está marcada para o dia 19 de dezembro.

Leia também:

Plano deve ser aprovado este mês, acredita presidente da Oi

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha