CEO do Santander revela que demitiu diretor após piada homofóbica

Em uma plateia cheia de mulheres, Rial comentou sobre a importância da diversidade nas qualquer empresa.

O CEO do Santander, Sergio Rial, revelou durante o evento Grupo Mulheres Brasil, em São Paulo, presidido pela empresária Luiza Trajano, que chegou a demitir um diretor após o mesmo fazer piadas consideradas homofóbicas.

“Um diretor numa reunião na área de banco de investimentos virou para mim e disse: aqui não tem problema de diversidade, tem um monte de boiola (termo pejorativo para designar homens homossexuais) no meu grupo.  Obviamente que hoje esse diretor está convivendo fora do banco”, revelou.

Em uma plateia cheia de mulheres, Rial comentou sobre a importância da diversidade nas empresas. Logo em seguida, foi elogiado pela empresária Luiza Trajano.

“Se existe uma pessoa que está fazendo diversidade no Brasil, mudando um pouco o conceito de banco, e eu tenho que falar disso para seus colegas presidentes de banco, é o Sérgio”, disse Luiza. As informações são do site Exame.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha