Burger King emite comunicado sobre larvas em hambúrguer

Em comunicado, o Burger King não confirmou nem negou a existência dos parasitas.

A rede Burger King Brasil divulgou um comunicado em vídeo na noite de quarta-feira (31) sobre o polêmico vídeo que mostra larvas em um sanduíche de uma de suas unidades no Distrito Federal.

Em comunicado, o Burger King não confirmou nem negou a existência dos parasitas, mas ressaltou o trabalho da Agência Sanitária do local e “atestou a total regularidade e liberação de funcionamento da loja em questão”.

A rede informou, também, que uma empresa independente afirmou que o processo de montagem dos hambúrgueres “previne a sobrevivência” das larvas, o que, na prática, seria impossível a existência delas vivas no sanduíche, como foi mostrado no vídeo.

No final da nota, o Burger King garante a qualidade de seus produtos e informou que continuará trabalhando para “esclarecer o ocorrido”.

O caso

Na semana passada, clientes divulgaram um vídeo no Facebook mostrando larvas em um hambúrguer do Burger King.  O vídeo tem mais de 600 mil compartilhamentos.

Contudo, a maior parte das críticas vai contra ao cliente que publicou.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha