BRF tem 12 unidades proibidas de exportar para a UE

A BRF disse, em nota, que estuda alternativas para reequilibrar o nível de oferta após a proibição da UE.

De 20 fábricas brasileiras de aves impedidas de exportar para a União Europeia, 12 são da BRF, segundo a decisão publicada na segunda-feira (15), em desdobramento da Operação Carne Fraca.

“Por conseguinte, os seus produtos podem constituir um risco para a saúde pública e é adequado removê-los da lista de estabelecimentos a partir dos quais são autorizadas as importações na União de carne e produtos à base de carne”, afirma a UE.

Entre as unidades embargadas da BRF, estão nos Estados do Paraná (Toledo, Ponta Grossa e Francisco Beltrão), Santa Catarina (Concórdia, Chapecó e Capinzal), Mato Grosso (Nova Mutum e Várzea Grande), Mato Grosso do Sul (Dourados), Goiás (Rio Verde) e Rio Grande do Sul (Serafina Corrêa e Marau).

+ Notícias Sobre Agronegócio

A BRF disse, em nota, que estuda alternativas para reequilibrar o nível de oferta após a proibição da UE.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha