Brasil fecha mais empresas do que abre, aponta o IBGE

Apesar do desempenho desfavorável para as empresas, o IBGE apontou que, em 2015, foi positivo em relação ao ano anterior.

Em 2015, 708,6 mil empresas novas empresas no mercado, enquanto 713,6 bil foram fechadas. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que mostram que o Brasil fecha mais negócios do que abre.

O desempenho negativo das empresas, segundo o IBGE, provocou um recuo, em 2015, de 3,9% de pessoas ocupadas no mercado formal de trabalho e queda de 4,5%, assalariado. É o segundo ano consecutivo de resultados negativos.

Apesar do desempenho desfavorável para as empresas, o IBGE apontou que, em 2015, foi positivo em relação ao ano anterior.

“Na comparação com 2014, as entradas foram 2,4% inferiores e ocasionaram um acréscimo de pessoal ocupado assalariado 8,2% inferior. As saídas, por seu turno, apresentaram queda de 24,4%, ocasionando uma perda, no pessoal ocupado assalariado, de 6,4%”, destacou o IBGE.

Setores.

Segundo o IBGE, o segmento de comércio e de reparação de veículos automotores corresponde a 44% do total de estabelecimentos fechados no ano, cerca de 311,5 mil unidades do ramo.

Comentários

premium

Cadastrar

Para ler suas notificações, registre-se no Giro Business. Nós o manteremos informado sobre os tópicos que mais lhe interessam.

Login com Facebook Login com LinkedIn Cadastrar com e-mail
Já é cadastrado? Clique aqui

Login

Esqueci minha senha

Escreva seu email abaixo e você receberá um e-mail de recuperação da senha